Uma questão recorrente em nosso dia a dia quando pensamos em construir é, quanto vai custar minha obra, você sabe como estimar o custo de sua obra?

Leia até o fim e veja como fazer de forma simples a estimativa de custo de sua obra.

Os motivos para querer responder esta pergunta são diversos tais como avaliar nosso recurso financeiro, a viabilidade do empreendimento, verificar se o valor que está sendo cobrado corresponde a nossas expectativas.

Seja qual for a razão o sucesso ou fracasso de um empreendimento a da atividade do profissional de engenharia depende de como está pergunta é respondida.

A falta de habilidade no processo de orçamentação, a falta de conhecimento detalhado do projeto pode conduzir a duas situações indesejadas:

– Valores excessivamente elevados e fora da realidade de mercado

– Preços insuficientes para cobrir os custos incidentes e ter grandes prejuízos, podendo até mesmo levar ao encerramento das atividades.

O orçamento de obra é o produto resultante do processo de orçamentação, importante etapa onde são levantados quantitativos e diversos parâmetros dentre eles alguns não se pode determinar com exatidão como chuvas, disponibilidade de materiais, condições do solo e flutuações na produtividade.

O objetivo desta postagem não é abordar de forma sistêmica o tópico orçamento de obras haja vista a extensão do assunto que segundo Mattos A. Dórea os principais atributos são aproximação, especificidade e temporalidade.

E divide-se em:

Estimativa de custos – avalição expedita com base em custos históricos e comparação com projetos anteriores.

Orçamento preliminar – Mais detalhado que a estimativa é realizado levantamento de quantidades e pesquisa de preços. Menor incerteza que a estimativa

Orçamento Analítico ou detalhado – Elaborado através da composição de custos e extensa pesquisa de insumos objetiva chegar ao valor mais próximo do “real”.

Então, como responder a nossa pergunta inicial, quanto vai custar construir, quando não se tem projetos para levantar os quantitativos.

Bem se você está pensando na construção usual, por exemplo uma casa ou apartamento, isto feito através da estimativa de custo, podendo chegar a valores apreciáveis.

Um dos índices bastante utilizado para isto é o Custo Unitário Básico divulgando mensalmente pelos sindicatos da construção civil.

No estado de São Paulo é possível consultar o custo médio do metro quadrado da construção padrão no site Sinduscon-SP.

Conhecido o valor médio do metro quadrado basta multiplicar pela estimativa de área a ser construída obtendo desta forma uma estimativa de custo da obra.

Desta forma é possível avaliar a viabilidade de construir e avançar para as próximas etapas.

Engenheiro Civil, Técnico em edificações, Mestrando em Engenheira mecânica Apenas um ardente desejo não é o suficiente para atingirmos nossos objetivos, são necessários subsídios. Está é nossa página institucional, nela na aba blog, espero poder contribuir um pouquinho com aqueles que por aqui buscarem informação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *